Ultrassom Microfocado no combate à flacidez!


Ter uma pele bonita, bem cuidada e saudável passou a fazer parte da nossa rotina e a busca por tratamentos não invasivos que visam melhorar o aspecto natural da pele vem crescendo exponencialmente entre a população brasileira. Esse é o momento dos procedimentos e tecnologias que realçam a beleza natural e que, ao mesmo tempo, possibilitam conforto e segurança.


Diante disso, vem crescendo muito a procura pelo ultrassom microfocado, que além de promover a prevenção, também evita o surgimento precoce de marcas de expressão e da gordura localizada, além de suavizar o aspecto da pele que já apresenta sinais de flacidez leve a moderada com o decorrer dos anos, proporcionando resultados visíveis desde a primeira sessão.


MAS VOCÊ SABE O QUE É O ULTRASSOM MICROFOCADO?


É uma tecnologia que cada dia mais está sendo usada para lifting facial, contorno corporal e redução de medidas e que, vem sendo muito procurado nas clínicas especializadas.


COMO ELE AGE?


Existem dois tipos de flacidez: a muscular e a dérmica. A flacidez muscular ocorre devido à falta de exercícios físicos além de alimentação inadequada, o que reduz a massa muscular e exige mais da sustentação da pele. Enquanto a flacidez dérmica pode ser causada por fatores genéticos, hormonais ou até mesmo naturais, como a exposição excessiva ao sol. Além disso, a partir dos 30 anos, nosso corpo perde anualmente em torno de 5 % de colágeno, que é uma proteína que, entre outras funções, confere firmeza à pele.


Entre as formas de estimular a produção de colágeno está o tratamento para a flacidez com o ultrassom microfocado, uma tecnologia que age através de ondas de ultrassom com diferentes comprimentos, que são utilizadas para atingir tanto a porção mais superficial quanto as camadas mais profundas da pele até o músculo, essas ondas promovem um aquecimento no local aplicado, o que gera microcoagulação do local, com estímulo à formação de colágeno tipo iii, ácido hialurônico, colágeno do tipo i e reorganização de fibras de colágeno e elastina, com isso restaurando as funções de sustentação da pele, com consequente melhora da flacidez. O aparelho atua de forma não invasiva o que permite o retorno à rotina no mesmo dia após o tratamento.





QUAIS AS ÁREAS INDICADAS PARA O TRATAMENTO?


Ele é destinado para tratar a flacidez da face em regiões como testa, ao redor dos olhos, maçãs do rosto, em volta da boca, linha da mandíbula, papada, pescoço, além de ser indicado também no tratamento de contorno corporal e redução de medidas.


QUAIS AS CONTRAINDICAÇÕES?


O ultrassom microfocado não possui nenhuma contraindicação absoluta, porém, deve-se evitar em áreas com feridas abertas, acne ativa, gestantes e pacientes que possuem placas ou pinos na região a ser tratada.


QUAL A DURABILIDADE?


Os efeitos do ultrassom microfocado são progressivos, nos primeiros dias após o tratamento, os pacientes notam um efeito de lifting e uma redução das linhas finas, esse efeito costuma ser temporário, mas sinaliza que foi iniciado o processo benéfico para o estímulo à produção de novo colágeno. Os efeitos na pele continuam a melhorar ao longo dos próximos dois ou três meses e outros benefícios poderão aparecer até seis meses depois do procedimento. O novo colágeno adquirido após o tratamento permanece por um período até um ano, porém o processo de envelhecimento da pele é contínuo, e por isso, são aconselháveis novas sessões anuais ou de acordo com a necessidade de cada paciente.


VOCÊ TAMBÉM DESEJA ENTRAR NESSE COMBATE CONTRA A FLACIDEZ?


Agende sua consulta com a nossa Dermatologista Dra Alexandra Almeida!!






Fale conosco:

(17) 981291021



Botão Whatsapp 001.png